Segurana e Justia

RECADO DIRETO

Polcia Civil vai autuar quem descumprir proibio de frequentar praias

20/07/2020 10h48 - Atualizado em 31/07/2020 11h28
Polcia Civil vai autuar quem descumprir proibio de frequentar praias
Foto mostra pessoas acampadas na Ilha do Rio Tocantins

Fred Alves

“Sabe aquela foto da praia que você tirou no final de semana desrespeitando o decreto municipal e publicou nas redes sociais tirando onda ?? Pois é, estou aqui com ela, aguarde o nosso convite para apresentar suas justificações”. A postagem foi feita no dia 20 de julho, pelo delegado Wlademir Costa Mota Oliveira, que também divulgou um vídeo afirmando que a Polícia Civil vai intensificar a fiscalização do decreto municipal número 127. O documento, entre outras providências, determinou o cancelamento das atividades da temporada de praias em Pedro Afonso.

No vídeo publicado e bastante compartilhados nas redes sociais, o delegado alertou que quem descumprir o decreto poderá ser autuado e enquadrado na legislação vigente, no caso o artigo 268 do Código Penal Brasileiro – “Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa: Pena - detenção, de um mês a um ano, e multa”.

“A Polícia Civil passará, então, a monitorar os casos, inclusive usando drone para notificar as pessoas, fazendo levantamento de campo, apreendendo barracas, uma vez que há a proibição do uso da praia. Estaremos fiscalizando e conduzindo para a delegacia para ser autuada. Então, não faça do seu lazer um caso de polícia, respeite o decreto e seja um cidadão consciente em virtude da proliferação do vírus Covid-19. O poder público está fazendo sua parte, faça você cidadão, também a sua parte”, disse o delegado.

A reação do delegado se deve a informações recebidas na Delegacia de Polícia Civil e a imagens publicadas nas redes sociais que mostram banhistas acampados em praias da região, entre elas, a Ilha do Rio Tocantins, que causaram indignação de dezenas de pessoas.

Veja o vídeo completo:
 


Números
Até o fechamento desta matéria, Pedro Afonso já havia registrado 56 casos do novo Coronavírus, sendo que 50% dos pacientes já estão curados. O município também registrou duas mortes, notificou 232 casos, monitora 94 pessoas, e descartou 108 casos.