Poltica

EFEITO CORONAVRUS

SES-TO diz que Pedro Afonso tem 2 pacientes suspeitos de Covid-2019; Prefeito: "No estamos abafando nenhum caso"

21/03/2020 10h47 - Atualizado em 21/03/2020 10h55
SES-TO diz que Pedro Afonso tem 2 pacientes suspeitos de Covid-2019; Prefeito:
Foto: Bem Estar/Rede Globo

Fred Alves

A Secretaria de Estado da Saúde do Tocantins (SES-TO) informou na noite desta sexta-feira, 20 de março, que subiu para 67 os casos suspeitos de Covid-19, doença causada pelo novo cononavírus, no Tocantins. Os pacientes são acompanhados pelo Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs) e Centro de Operações de Emergência do Tocantins (COE-TO) para a Covid-19.

Do total dos casos, 48 estariam em Palmas, sete em Gurupi, dois em Araguaína, dois em Pedro Afonso e o restante nas cidades de Bandeirantes do Tocantins, Miracema do Tocantins, Porto Nacional, Cariri do Tocantins, Paraíso do Tocantins, Xambioá, Augustinópolis e um paciente que o município de referência fica em outro estado, mas está sendo acompanhado na capita tocantinense. No Tocantins, há dois casos confirmados em Palmas e outros 16 foram descartados.
A SES-TO informou que as primeiras amostras enviadas ao Laboratório do Instituto Adolfo Lutz (IAL) ainda não foram liberados para o Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (Lacen).

Fiquem em casa
Em entrevista por telefone, o prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano (PDT), afirmou que foram realizados dois exames de pacientes que não se enquadram nos critérios de casos suspeitos de Covid-19 do Ministério da Saúde, já que não tiveram contato com pessoas infectadas. “Não estamos abafando nenhum caso. Nós seguimos os critérios do Ministério da Saúde. Se estamos trabalhando para minimizar os efeitos do vírus, não justifica trabalharmos no sentido contrário. Pode ter certeza que se for confirmado algum caso suspeito em Pedro Afonso, vamos divulgar com a maior transparência possível”, disse o gestor.

Ainda segundo o prefeito, a Polícia Militar, o Ministério Público e a Secretaria Municipal de Saúde estão fazendo uma fiscalização incisiva para o cumprimento Decreto nº 084/2020 que determinou situação de emergência em saúde pública em Pedro Afonso em virtude da pandemia do novo coronavírus (COVID-19). O documento também determina a suspensão, por tempo indeterminado,das atividades em vários estabelecimentos comerciais. “Continuamos pedindo para as pessoas ficarem isoladas em casa. Não temos casos, mas temos que fazer nossa parte para não haver proliferação se o vírus chegar”, disse Jairo Mariano. (Com informações do Jornal do Tocantins)