Poltica

EFEITO CORONAVRUS

Comea vacinao ampanha de vacinao contra gripe; ATM traz orientaes sobre como proceder

23/03/2020 11h33

A Associação Tocantinense de Municípios (ATM) orienta as gestões municipais para adotarem procedimentos de segurança durante a campanha de vacinação nacional contra a Influenza, que inicia nesta segunda-feira, 23, nos 139 Municípios tocantinenses, em meio à pandemia do novo Coronavírus.

Para que a campanha seja eficiente e alcance as metas estipuladas pelo Ministério da Saúde (MS), a ATM explica que, inicialmente, a população idosa (grupo prioritário) precisa ser tranqüilizada, ao informar que a campanha será realizada dentro dos protocolos de segurança preconizada pelo MS. Outro grupo que receberá a vacina são os profissionais de saúde.

Estratégias

Os municípios de maior porte poderão adotar a estratégia de vacinação via “drive-thru” – aplicação de vacina em pessoas que se encontram no interior dos veículos, possibilitando uma distância segura entre os envolvidos. Os municípios que não puderem adotar essa medida deverão tomar ações de segurança nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), como:

I. Formação de filas com estipulação de um metro de distância entre os idosos – as equipes de saúde poderão fixar marcadores no chão ou usar fitas delimitadoras, determinando as distâncias;

II. Restringir a entrada de pessoas dentro da UBS, para que se tenha apenas um pequeno grupo dentro das unidades;

III. Oferecer produtos de higiene pessoal para os servidores e idosos que foram às UBS.

IV. Vacinação domiciliar com equipes devidamente identificadas

V. Utilização de escolas e prédios públicos que se encontram fechadas, para evitar aglomeração nas UBS.

O presidente da ATM e prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano, diz que as equipes devem discutir a elaboração de medidas de segurança e prevenção de contágio do novo Coronavírus. “Cada Município tem as suas particularidades e demanda de vacinação, logo tratam-se de estratégias distintas”, explica, ao lembrar que em caso de eventuais tumultos na UBS a prefeitura pode solicitar apoio das forças policias.

A Campanha

O Ministério da Saúde antecipou a campanha de vacinação da gripe de abril para março, segundo a pasta para proteger de forma antecipada os públicos prioritários contra os vírus mais comuns da gripe. O MS alerta que a vacina contra influenza não tem eficácia contra o Coronavírus, porém, neste momento, irá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para Coronavírus, já que os sintomas são parecidos. E, ainda, ajuda a reduzir a procura por serviços de saúde.

A ATM explica que a vacina deste ano é de composição trivalente para os vírus da Influenza A H1N1, A H3N2 e B, de circulação nacional. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, o Tocantins registrou em 2019, 144 casos confirmados de Influenza A H1N1: 51; H3N2: 41; não subtipado: 15 e Influenza B: 37, além de 14 óbitos. Este ano já foram registrados 18 casos confirmados de influenza A: H1N1: 15; não subtipado: 02 e Influenza B: 01.

Etapas da campanha de Vacinação contra a Gripe

1ª fase - a partir de 23/03: idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde;

2ª fase - a partir de 16/04: professores, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;

3ª fase - a partir de 09/05: crianças de seis meses a menores de seis anos de idade, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), indígenas, adolescentes e jovens do sistema socioeducativo, funcionários do sistema prisional, adultos de 55 a 59 anos de idade e pessoas com deficiência.