Cidades

DIGA NO!

Campanha busca conscientizar populao sobre consumo de carne clandestina

02/10/2019 14h43 - Atualizado em 14/10/2019 15h09

A Prefeitura de Pedro Afonso, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em parceria com o Ministério Público Estadual, deu inicio a campanha de conscientização sobre a comercialização e compras de carnes clandestinas no município. 

A campanha, “Carne clandestina, diga não!”, disponibilizada por meio de publicação em meios de comunicação, redes sociais e também acompanhamento e orientações nos comércios,  tem o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da certificação do Selo de Inspeção Municipal (SIM) na qualidade das carnes e produtos de oriundos de origem animal.

A carne pode ser considerada clandestina quando não passa pela fiscalização do Serviço de Inspeção Sanitária, já que o abate clandestino de animais representa riscos ao consumidor, pela ingestão de alimentos de qualidade sanitária suspeita, além de contaminar ao meio ambiente.

O reconhecimento de estabelecimentos legalizados é feito através dos selos de Inspeção Sanitária, podendo ser de esfera Municipal (SIM), Estadual (SIE), ou Federal (SIF), que garantem um produto alimentício de origem animal seguro e confiável.

De acordo com o secretário da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Albino Mazzola, é de extrema importância que a comunidade se conscientize na hora de consumir alimentos de origem animal. “O município tem o SIM e uma equipe responsável que acompanha toda a viabilidade sanitária da produção de alimentos de origem animal, além de orientações contínuas nos comércios. Entretanto é necessário o apoio da comunidade para que possamos combater o abate e venda clandestina”, destacou Mazzola.