Cidades

TOCANTINS - 31 ANOS

Guaraiense se orgulha em ser um dos primeiros cidados do Tocantins

15/10/2019 17h21 - Atualizado em 18/10/2019 14h15

Henrique Lopes

Celebrar aniversário é um momento de alegria para qualquer pessoa, mas para algumas delas a data tem um sentido ainda mais especial. Este é o caso de Alberto Portinari Rodrigues Borges, de 31 anos, um dos primeiros cidadãos a nascer no estado mais novo do Brasil: o Tocantins.

Em entrevista exclusiva concedida por telefone ao Portal CNN, o assessor em Gestão e Pessoas do Banco do Brasil contou que celebrar o aniversário no dia 5 de outubro, mesmo dia criação do estado e da promulgação da Constituição Federal do Brasil, é motivo de orgulho e alegria. “Ser lembrado como o primeiro ou um dos primeiros cidadãos tocantinenses é motivo de orgulho. Ainda mais sabendo da luta para que houvesse o desmembramento de Goiás , o que fez com que o Tocantins seja um estado rico e cheio de potencial”, descreveu.

Natural de Guaraí, Alberto Borges considera que nascer no mesmo dia que o Tocantins sempre influenciou sua vida. “Sempre busquei atuar com liderança, participação e influência, me envolvendo sempre em grêmios estudantis, centros acadêmicos, dentre outros, sempre promovendo ações, apresentações em jogos e eventos com música e dança regional, onde posso destacar uma apresentação feita na feira coberta de Guaraí, quando ainda era aluno do Colégio Estadual Jales Machado. Na ocasião, dançamos a música “Xangai - Nois é Jeca Mais é Joia”, interpretada pelo cantor Genésio Tocantins”, relatou.

Filho de pais separados e criado pela avó, o bancário lembrou que sua trajetória de vida acompanhou o crescimento e desenvolvimento do estado. “Minha família é natural de Guaraí, onde estudei, me criei, fiz faculdade e fui estagiário do Banco do Brasil. Em 2009 finalizou o estágio e comecei a atuar na docência, dando aulas de matemática na Escola Municipal Francisco Pinheiro, em Fortaleza do Tabocão, e na Esfotec, em Guaraí. Fui aprovado no concurso do Banco do Brasil e no final de 2010 foi quando fui embora do Tocantins”, destacou ao listar os estados onde já morou, como Pará, Rondônia e Minas Gerais.

O guaraiense vê o Tocantins como um celeiro de produção e com grande potencial. “Somos ricos em terras, águas limpas, paisagens e pontos turísticos, e com capacidade de produção energética renovável como a energia fotovoltaica. Temos bons gestores em nossos municípios, empresários com garra e força de vontade em contribuir com a geração de emprego e renda, cidades tranquilas que proporcionalmente apresentam baixos índices de criminalidade e violência”, declarou ao frisar que o Tocantins recebe bem quem veio para ficar e buscar seus sonhos nessas terras.

Alberto Borges, que passou uma longa temporada morando em outros estados e retornou ao Tocantins para residir na cidade de Paraíso há alguns meses, aproveitou a data do aniversário para reunir familiares e amigos na cidade de Tupirama, onde, no último sábado, 5 de outubro, realizou a sua já tradicional festa de aniversário.



Em seu discurso, sempre solicitado, o homem que é o reflexo do tocantinense, pessoa de garra, lutas e que batalha pelos seus sonhos, falou da alegria em viver e comemorar mais um ano de vida perto da família e dos amigos. “Esses encontros reforçam a amizade e o sentimento de que as pessoas não se encontram por acaso, e cada pessoa deixa um pouco de si e leva um pouco de nós. Esse é o melhor sentimento. Eu fico muito feliz e renovado a cada encontro desses”, completou Alberto Borges.


 

Leia por Assunto: Alberto Borges Aniversrio GuaraTocantinsTupirama